Sangy

Glorioso

Textos


Minha Poesia

Olá, linda

Companheira e amiga poesia

Queria ser belo

Como bela é tua beleza

Queria ser culto

E entender tua pureza.

 

Como são teus ensinamentos?

Cândidos, como tuas canduras

Teu coração tem um abrigo?

Eu quero...

Conviver muito contigo.

 

Alegre ou triste

Alegre pra violar a tristeza

Triste, um pouquinho só,

Se a lágrima descer

Visitar teu pergaminho

Recordar que foi lá

Onde tu nasceste pequeninha

Cresceste linha por linha

Feliz, dia-a-dia,

E eu te chamar de Minha Poesia.

 

 

Foto: pixabay

Sangy
Enviado por Sangy em 21/01/2024


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras